sábado, 10 de setembro de 2011

E mais uma postagem...nada novo.

  À beira da estrada estou eu esperando me levarem de volta para casa.Minha bagagem pesa e eu não conseguiria ir sozinha.O caminho é perigoso.Posso me machucar dando uma de egoísta e pouco paciente.
  O problema de esperar é que não há nada a fazer alem de ficar pensando sobre a vida.Na minha opinião,isso já é repetitivo para mim.Sempre pensando,nunca agindo.Agindo sem pensar.Cansa depois de um tempo.Ter medo de viver ou simplesmente vergonha de encarar a vida não pode mais continuar me acompanhando.Vejo que minha mente está ficando para trás e eu apenas vou crescendo,sem a maturidade certa para a realidade em que vivo.Gradativamente vou perdendo aqueles que sempre estiveram comigo por essa minha infantilidade.Não só.Por me importar muito com umas pessoas e esquecer outras eu acaba magoando todo mundo.Até quando?Não sei a quem pedir ajuda,ou simplesmente atenção,conselhos.Ou será que devo ignorar essas coisas?
  Vou partindo,como sempre,deixando as coisas em aberto.

Garz.

Um comentário:

  1. Oii, primeira visitinha por aqui o/
    Adorei seu blog! Muito fofo...
    Estarei comentando seus post!
    E seguindo, me segue também!
    Bjss *-*
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir