segunda-feira, 1 de agosto de 2011

E as férias chegaram ao fim.

   Pois bem,as férias acabaram e agora o jeito é voltar a vida normal de novo.Dormir cedo,deixar de lado a TV e abrir mão de estar escrevendo no blog uma hora dessas.Estudar a tarde inteira,esperar a noite chegar e desejar uma linda noite bem dormida,sendo que minha cabeça está pensando em tanta coisa que o máximo que eu consigo é...é simplesmente não dormir.
  Bem,minhas férias não foram tão trágicas e entediantes.Viajei.Fui a lugares distantes,mas nem tanto.Acho.Conheci novas culturas,novas personalidades,lugares interessantes e paisagens exuberantes.Fotos reinam agora no espaço do meu pen drive,esperando serem reveladas para terem a oportunidade de mofar durante muito tempo na minha cômoda.Algumas poucas horas de filmagem para serem vistas e revistas algum dia adiante.E ainda resta minha memória,mesmo que falha.
  Mas e então,qual a serventia de tudo isso?O que eu posso aproveitar desse recurso para melhorar minha vida?Talvez nada.Ou não.
  Resumidamente a viagem foi bem emocionante.Prefiro não falar para onde fui,até porque creio que quem esteja lendo isso ja saiba.Estive em extremos naturais,perto da morte até.Exagerei.Passei por momentos de frustração,alegria,aventura e medo.Tudo junto a família.
  Parece patético,ou não,mas viajar com meus pais é divertido.
  Enfim,aprendi algo nessa viagem: se orgulhar do que tenho,e do que não tenho.Mesmo o Brasil não sendo lá essa coisona toda que a mídia tanto promove,ele se destaca como um país do qual podemos ser de vários gêneros e tipos,ter várias personalidades sem ser considerado como louco ou horrivelmente diferente.
  Sinceramente eu não sei onde quero chegar e nem pretendo fechar e concluir meu raciocínio nessa postagem.Portanto,tenha uma boa noite.

Nenhum comentário:

Postar um comentário